Início Ásia Roteiro Ásia Trip: 25 dias na China, Tailândia e Camboja

Roteiro Ásia Trip: 25 dias na China, Tailândia e Camboja

Voltei de viagem e estou eufórica para começar a contar como foi essa viagem. Sempre sonhei com esse roteiro, Tailândia há alguns anos era o meu destino dos sonhos.

O foco do roteiro foi a Tailândia, onde ficamos a maior parte do tempo conhecendo Bangkok, Ayutthaya, Chiang Mai, Phuket e Phi Phi.

Como já iríamos enfrentar todas as horas necessárias do voo para ir para a Tailândia, nosso voo foi pela AirChina com isso conseguimos, sem pagar nada à mais na passagem, fazer um stopover em Pequim (China) na ida. A muralha da China era o sonho do Leo e seria possivel realizar nessa parada.

E para fechar o roteiro também sempre quis conhecer o templo Angkor Wat (aquele que aparece no filme do Tomb Raider) e o Camboja é pertinho da Tailândia.

Com isso fechamos nossa lista da Ásia Trip com três países: China, Tailândia e Camboja.

Mas e o Laos, Myanmar, Vietnã, Indonésia (Bali), etc? Daria para incluir outras paradas, porém optamos por focar nos países escolhidos, ter tempo para conhecer todas as atrações importantes. Não queríamos ficar com aqueles roteiros “pinga pinga”, dois ou três dias em cada país, na maior correria, só para encher o nossa mapa de pins e dizer que conhecemos um monte de países.

Mas porque 25 dias? Perde-se muito tempo quando vai para Ásia, fora o tempo das conexões, foram aproximadamente 26 horas de voo, de São Paulo à Bangkok (em três etapas: GRU-MAD, MAD-PEK, PEK-BKK).

Esse post é para iniciar essa viagem no blog e dar um panorama geral do roteiro, que será “destrinchado” em diversos posts nos próximos meses.


PLANEJAMENTO DE VIAGEM – ÁSIA TRIP


COMO CHEGAR

Compramos a passagem principal com quase 1 ano de antecedência em uma promoção da AirChina. Pegamos o voo São Paulo – Bangkok, com a opção do stopover gratuito em Pequim na ida.

Escrevi um post sobre a experiência de voar 26 horas para chegar em Bangkok e sobre como foi o voo com a AirChina.

Também utilizamos voos da AirAsia com o “AirAsia Asean Pass” que é um passe que você compra e utiliza para voos low cost na Ásia para os voos internos na Tailândia (Bangkok-Chiang Mai, Chiang Mai-Phuket) e para ir para o Camboja (Phuket-Siem Reap, Siem Reap-Bangkok)


VISTO


VACINA DE FEBRE AMARELA

Desde 1997 a Tailândia exige a apresentação do ” Certificado Internacional de Vacinação contra a Febre Amarela”.

Assim que você chega no país, antes de passar pela imigração precisa ir ao balcão do “Health Control” preencher um formulário e apresentar o seu certificado. Só com essa etapa concluída que você pode ir para a fila da imigração.


CHIP DE CELULAR COM INTERNET

Se você já quer chegar com internet garantida para usar durante toda a viagem recomendo os chips internacionais da Easysim4u, confira os planos. Ele funciona em 210 países, é bem pratico.

Também é possível adquirir o chip de uma operadora local com pacote de dados em um shopping ou no próprio aeroporto. Mas nesse caso você precisa trocar de chip toda vez que trocar de país.

Mas vale lembrar que na China a Internet sofre muita censura e bloqueios não funciona Google, Facebook, Instagram, Whatsapp e etc. A saída para driblar o bloqueio é o uso do VPN ou um chip da Easysim4u que é da operadora americana T-Mobile, escrevi um post explicando melhor essa questão.


ESTILO DA VIAGEM

Fomos de mochilão, mas temos algumas ressalvas, não somos “mochileiros de raiz”.

Utilizamos a mochila Thule Stir 35L, que julgamos o tamanho e as dimensões ideais para ir como bagagem de mão tanto no voo principal da AirChina como nos voos lowcost da AirAsia. E foi uma escolha acertada, não tivemos nenhum problema em levá-la como bagagem de mão, sem despachar.

Nosso estilo mochileiro se dá pela praticidade de não precisar despachar a bagagem, facilidade para carregar (além de avião, utilizamos barco, táxi, tuk tuk, etc) a mochila é muito mais fácil de carregar que a mala de rodinha, mesmo uma pequena.

E também nos vem a questão do minimalismo, viajar com essa mochila por 25 dias foi uma lição sobre desapego e prioridades. Fomos com uma bagagem bem enxuta e na volta constatamos que daria para ter ido com menos ainda.

Resumindo o nosso estilo de viagem foi de mochilão, mas ficamos em hotéis com bom custo benefício e apreciamos muito experiências gastronômicas em bons restaurantes. Quebramos um pouco o estereótipo de que “quem viaja de mochila só fica em hostel e como mal para economizar”.


SEGURO VIAGEM

Não tem como viajar para um lugar onde ouvimos falar de tanta gente que fica doente, teve algum tipo de intoxicação alimentar, sem fazer um seguro viagem.

Mesmo com o seguro do cartão de crédito, fiquei bem preocupada e fiz à parte um seguro viagem. Fechamos o plano AT 40 INTER da segura Assist Trip com cobertura de USD 40.000,00 na Seguro Promo.

Faça uma cotação no site da Seguro Promo, utilize o cupom JUNYPELOMUNDO5 para ter 5% de desconto  na sua compra! Acesse e pesquise!


ROTEIRO DE 25 DIAS – CHINA, TAILÂNDIA E CAMBOJA


  • DIA 1 Saída GRU-PEK Airchina
  • DIA 2 Conexão MAD

PEQUIM

DIA 3

DIA 4

BANGKOK

DIA 5

DIA 6

DIA 7

DIA 8

  • Dia livre em Bangkok – Passeio na parte mais urbana e moderna da cidade, nos shoppings

CHIANG MAI

DIA 9

  • Voo DMK – CNX Airasia pass
  • Hotel Thapae Loft (End: 142. Ratchapakinai Rd. Tumbol phasing Amphur muang Chiang mai)
  • Dia livre – Explorar a cidade amuralhada e os seus templos, Night Bazar
  • Fazer uma massagem no spa “Lila Thai Massage” (foi a melhor massagem da minha vida, é o spa mais top da Tailândia)
  • Jantar temático com dança e música Cantonês – existe uma comunidade cantonesa muito grande em Chiang Mai que faz esse espetáculo, vale a pena conferir.

DIA 10

  • Tour no parque Doi Inthanon com Trekking nas montanhas – empresa Travel Hub

DIA 11

  • Elephant Jungle Sanctuary – Morning Tour, interação ética em um santuário de elefantes, alimentação, interação e banho no rio.
  • Sunday Market – mercado de rua que tem todo domingo na cidade amuralhada

DIA 12

  • Benny’s Home Cooking Chiang Mai – Passeio por um mercado local e aula de culinária para aprender a fazer 5 pratos tradicionais tailandeses.
  • Voo CNX- HKT AirAsia pass

PHUKET

DIA 13

DIA 14

  • Passeio de barco e snorkel pelas ilhas: Banana Beach, Coral Island e Racha Beach

KO PHI PHI

DIA 15

DIA 16

  • Dia livre em Ko Phi Phi para aproveitar a praia.

DIA 17

  •  The Maya Bay Sleep Aboard Iriamos fazer esse tour, mas o Leo machucou o pé em um coral e estava chovendo muito, tivemos que mudar os nossos planos e voltar para Phuket mais cedo

PHUKET

DIA 18

  • Dia livre em Phuket, fomos ao cinema, passeamos por Patong e conhecemos alguns restaurantes.

SIEM REAP

DIA 19

DIA 20

DIA 21

  • Dia inteiro em Angkor Wat – Conhecer os três principais templos em um tour privado

DIA 22

  • Dia livre em Siem Reap
  • Ir ao Hard Rock Café
  • Experimentar uma “Khmer massage” (Tipo a Thai Massage, mas com uma técnica um pouco diferente)
  • Ir no Festival anual das Águas
  • Voo para Bangkok

BANGKOK

DIA 23

DIA 24

  • Voo BKK-GRU

DIA 25

  • VOO PEK-MAD / MAD-GRU

E esse foi o nosso roteiro, construído com muito carinho tentando aproveitar ao máximo o tempo e as experiências de cada destino.

Nos próximos meses vamos detalhar no blog todas as atrações visitadas e escrever todas as dicas para o planejamento dessa viagem.


Todos os posts sobre essa viagem:

GERAIS

CAMBOJA

CHINA

TAILÂNDIA


Salve esse post no Pinterest:

Juliana Almeida Rioshttps://junypelomundo.com.br/
Viajante, Administradora, Aspirante à Mochileira, Sonhadora, Bookaholic. Adora planejar uma viagem, seja para a cidade vizinha ou para o outro lado do mundo. Ama conhecer novas culturas e contar as suas aventuras. E prefere ser chamada de Juny.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Siga nas Redes Sociais

7,436FãsCurtir
10,064SeguidoresSeguir
22,874SeguidoresSeguir
937SeguidoresSeguir