Início Europa O dia que eu comi escargot em Paris (França)!

O dia que eu comi escargot em Paris (França)!

Uma das coisas que eu mais estava ansiosa quando fui para Paris era ter contato com a culinária francesa.

Por mais que já tenha ido  em bistrôs no Brasil e em outros países, é diferente experimentar a culinária típica no seu país de origem. Para uma melhor imersão inclusive optamos por fazer uma aula de culinária na escola Cook’n With Class.

Escrevi também um post sobre 20 comidas que você precisa experimentar na Europa, vale a pena conferir a lista toda.

No primeiro dia em Paris depois de andar muito pela região próxima do Louvre e ir ao Museu Orangerie, precisávamos parar para almoçar rapidamente pois a tarde tínhamos horário marcado na Torre Eiffel.

O escargot

Nessa parada encontramos ao acaso uma padaria/restaurante onde enfim tivemos o nosso primeiro contato com a gastronomia francesa.

Iríamos escolher opções bem simples do cardápio, mas a garçonete romena, muito simpática que nos atendeu, fez um desafio: uma entrada com escargot!

Não fui para França com intenção nenhuma de experimentar essa iguaria culinária que tanto divide opiniões. Mas ela foi muito persuasiva, nos falou que era delicioso, que não poderíamos visitar o pais sem experimentar.

E ainda sobre o argumento que “não sabíamos como manusear os talheres especiais que se usa para segurar a concha e tirar o escargot” ela disse que nos faria um tutorial ensinando tudo. Depois disso só nos restou aceitar o desafio e encarar essa experiência.

Confesso que após aquele momento de nojinho quando você vai experimentar algo que não faz ideia do gosto e da textura, quebrando esse paradigma, o escargot é de fato muito bom!

Nossa entrada era escargot com molho pesto e a combinação com esse molho estava uma delicia!

Para tentar explicar, o escargot tem a textura parecida com a de uma ostra, mas é servido quente. E o sabor contrasta bem com o molho pesto e o pão.

Resumindo escargot em poucas palavras: Viscoso, mas gostoso! rs

Esse prato é uma entrada bem comum na maioria dos restaurantes franceses, então é bem fácil de encontrar se você quiser se aventurar também. Quando voltar à Paris quero experimentar alguma variação desse prato, com outro tipo de molho.

E para finalizar nosso almoço, cada um escolheu um prato principal com carne. O meu tinha uma batata com molho de gorgonzola muito gostosa. O do Leo tinha um nome bem chique no cardápio, mas era apenas carne de panela com legumes e batatas! rs

E como o tempo estava curto para ir à Torre Eiffel e eu já estava abusando muito dos waffles com nutella na viagem toda, me esforcei para resistir à todos esses doces franceses!

Foi uma pena não ter anotado o nome da garçonete romena, pois fomos muito bem atendidos por ela e ela ainda fez toda essa introdução ao escargot que foi muito interessante.

Quando for à Paris, tente sair da sua zona de conforto e se aventure nas iguarias gastronômicas que os franceses tem à oferecer!


Salve esse post no Pinterest

Juliana Almeida Rioshttps://junypelomundo.com.br/
Viajante, Administradora, Aspirante à Mochileira, Sonhadora, Bookaholic. Adora planejar uma viagem, seja para a cidade vizinha ou para o outro lado do mundo. Ama conhecer novas culturas e contar as suas aventuras. E prefere ser chamada de Juny.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Siga nas Redes Sociais

7,435FãsCurtir
10,053SeguidoresSeguir
22,959SeguidoresSeguir
939SeguidoresSeguir